Rochas charnockíticas do sudeste de Minas Gerais:: a raiz granulítica do arco magmático do Orógeno Araçuaí

Tiago Amâncio Novo, Antônio Carlos Pedrosa Soares, Carlos Mauricio Noce, Fernando Flecha de Alkmim, Ivo Antônio Dussin

Resumo


Os orógenos Araçuaí e Ribeira constituem sistema orogênico neoproterozóico-cambriano que se estende da borda oriental do Cráton do São Francisco até o Oceano Atlântico, a sul do paralelo 15º. A zona de fronteira entre esses orógenos situa-se em torno do paralelo 21º. A região meridional do Orógeno Araçuaí, no sudeste de Minas Gerais, é caracterizada pela exposição de rochas metamórficas de alto grau, ortoderivadas e paraderivadas, refletindo o profundo nível crustal ali exposto. Uma associação de rochas charnockíticas máficas a félsicas, metamorfisadas na fácies granulito, recebeu a designação de Suíte Divino. Esta tem características de série cálcio-alcalina expandida, metaluminosa a ligeiramente peraluminosa, com padrão de elementos traços característico de magmatismo de arco de margem continental. A assinatura isotópica de Nd evidencia significativo envolvimento de fusões derivadas do embasamento paleoproterozóico. Datações U-Pb (LA-ICPMS) de rochas da Suíte Divino (592±7 Ma e 603±4 Ma) indicam idade compatível com o estágio pré-colisional (acrescionário) do orógeno. Desta forma, sugere-se que a Suíte Divino representa a raiz granulítica do arco magmático do Orógeno Araçuaí, cuja eventual continuidade para sul seria importante elo de ligação com o Orógeno Ribeira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.