Estruturas primárias em turbiditos do greenstone belt Rio das Velhas, neoarqueano do Cráton São Francisco meridional

Luís Antônio Rosa Seixas, Rômulo C. Silva, Caroline Janette Souza Gomes

Resumo


A  preservação das estruturas sedimentares primárias no greenstone belt Rio das Velhas (~ 2,7 Ga - 2,8 Ga) é limitada a uns poucos locais nos quais as rochas metassedimentares foram poupadas de deformação tectônica penetrativa intensa. Entretanto, diferentes pesquisadores consideram que uma parte importante desse cinturão é constituída de rochas metassedimentares de origem turbidítica, como parte de uma associação de litofácies clásticas ressedimentadas. Este trabalho documenta e interpreta estruturas sedimentares primárias em rochas dessa associação, aflorantes no setor sudoeste da Serra do Curral, região oeste do Quadrilátero Ferrífero. A seção foi estudada em um corte de estrada de cerca de 150 m de comprimento, e consiste da delgada interestratificação de camadas de metarenitos e metapelitos, dobrados e com alto a moderado ângulo de mergulho. As estruturas sedimentares identificadas compreendem acamamento gradacional e maciço em metarenitos, laminações paralelas, cruzadas, climbing e convolutas em metarenitos finos, metargilitos maciços ou com laminação plano-paralela, e estruturas em chama, clastos de argilitos do tipo rip-up mud clasts, e deformação sin-sedimentar em precursores inconsolidados. O predomínio de contatos basais planos das camadas de metarenitos sobre os metapelitos, as sequências verticais de estruturas sedimentares que reproduzem os intervalos A a D, ou B ou C a D da sequência de Bouma, alguns intervalos com misturas de metarenitos com clastos de metapelitos ou clastos de metapelitos em metarenitos (rip-up mud clasts), assim como a ausência de metassedimentos mais grossos conglomeráticos, sugerem que a seção estudada representa diferentes fácies de sedimentação turbidítica de leque submarino intermediário a distal.

Palavras-chave


Estruturas sedimentares; Turbiditos; Arqueano; Greenstone belt Rio das Velhas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.