As sucessões carbonáticas neoproterozóicas do Cráton do São Francisco e os depósitos de fosfato: correlações e fosfogênese

Andreia L. Sanches, Aroldo Misi, lan J. Kaufman, Karem Azmy

Resumo


As sucessões  sedimentares neoproterozóicas do Cráton do São Francisco são constituídas por espessas camadas carbonáticas e silicicásticas acumuladas em bacias marinhas epicontinentais e em bacias de margem passiva que bordejam a área cratônica. Pelo menos dois ciclos transgressivo-regressivos são reconhecidos durante a evolução das sucessões essencialmente carbonáticas. Essas sucessões, que formam os Grupos Vazante, Bambuí e Una, repousam sobre diamictitos glácio-marinhos de provável idade Sturtiana. Um outro horizonte de diamictitos glaciais, foi observado nas unidades de topo do Grupo Vazante. De um modo geral, as semelhanças entre as litofácies, assim como a presença de depósitos de fosfato e de sulfetos de Zn-Pb restritos a estreitos horizontes estratigráficos, sugerem que os Grupos Vazante, Bambuí e Una podem ser correlacionáveis. Os dados isotópicos de Sr obtidos a partir de amostras bem preservadas de carbonatos e de carbonatofluorapatita dessas seqüências, que variam entre 0,70763 e 0,70794, confirmam as correlações e são indicativos de uma idade em torno de 650 Ma, embora razões obtidas anteriormente em duas amostras (0,70614 e 0,70684) possam sugerir idades mais antigas. Dados de isótopos de carbono em carbonato-fluorapatita revelam fortes picos negativos, variando entre -3,47 e -12,25‰ VPDB na área cratônica, e entre -1,3 e -9,61‰ VPDB nos carbonato-fluorapatitas hospedados por carbonatos das bacias de margem passiva do Grupo Vazante, sugerindo que a concentração primária de P ocorreu em ambientes anóxicos, em ambos os contextos geotectônicos. Os carbonatos hospedeiros são moderadamente enriquecidos em 13C, com valores positivos de δ13C variando de +2,0 a + 9,6‰ VPDB nas diferentes seções. As concentrações primárias de fosfato ocorrem após sucessões glaciogênicas e sua origem pode estar relacionada à alta produtividade orgânica, como conseqüência dos eventos glaciais.

Palavras-chave


Fosforito; Neoproterozóico; Cráton do São Francisco.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.