PETROGRAFIA E GEOQUÍMICA DO MACIÇO GRANÍTICO ARROZAL: INTRUSÃO TARDI A PÓS-COLISIONAL ASSOCIADA AO SISTEMA DE CISALHAMENTO DE ALTO ÂNGULO DO VALE DO RIO PARAÍBA DO SUL, SW DO RIO DE JANEIRO

RÔMULO MACHADO, ALEXIS ROSA NUMMER, LUIS ANTÔNIO ROSA SEIXAS

Resumo


O Maciço Arrozal, situado na porção sudoeste do estado do Rio de Janeiro, corresponde a um corpo granítico alongado (~40 km x 7 Km) com características tectônicas tardi- a pós-colisionais, associado com a Zona de Cisalhamento de Alto Ângulo de Além-Paraíba. Apresenta foliação magmática na parte central e no estado sólido em direção às bordas. São caracterizadas três fácies: (i) porfirítica . (ii) foliada e, (iii) leucogranítica. Os minerais essenciais são feldspato potássico (em geral microclínio), plagioclásio, quartzo e biotita; os acessórios são anfibólio, titanita, zircão, apatita, granada, epídoto e minerais opacos, podendo ocorrer carbonato, sericita e mica branca como minerais de alteração. Predominam monzogranitos e localizadamente quartzo monzonitos com granodioritos subordinados. Os teores em SiO2 variam entre 63.2 a 69.3%, com valores de K2O (% em peso ) entre 3, 1 e 4.6%, correspondendo a série alto K, no diagrama de Le Maitre (1985) e ramo com K20/Na20 entre 0,9 e 1,7. O conteúdo em elementos traço é elevado em Rb, Ba, Zr e Nb, porém moderado em Sr. Estes elementos em diagramas Harker exibem em geral coreano negativa, a qual pode ser atribuída ao efeito de acumulação do plagioclásio e feldspato alcalino acompanhados de zircão ± ilmenita na facies leucogranítica (teores elevados em Sr, Ba e Zr). Estas rochas superpõem-se ao campo dos granitos tardi a pós-tectônicos no diagrama Zr x ACNK x FMMT.


Palavras-chave


Granito Arrozal; Petrografia; Geoquímica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.