FOTOINTERPRETAÇÃO GEOLÓGICA DE IMAGENS MULTIFONTES E SUA APLICAÇÃO NO GREENSTONE BELT RIO DAS VELHAS, QUADRILÁTERO FERRÍFERO, MG

ALEXANDRE DE AMORIM TEIXEIRA, ADALENE MOREIRA SILVA, AUGUSTO CÉSAR BITTENCOURT PIRES, ROBERTO ALEXANDRE DE MORAES, CARLOS ROBERTO DE SOUZA FILHO

Resumo


O presente trabalho apresenta os resultados baseados nas técnicas de interpretação geológica de dados multifontes, oriundos de aerogeofísica, de sensoriamento remoto e do modelo digital de elevação do terreno da região do projeto Rio das Velhas,Quadrilátero Ferrífero. Os melhores produtos resultantes do processamento digital de imagens multifontes para interpretação geológica são os resultantes de cromoestereoscopia e transformação IRS das imagens aerogeofisicas com a primeira componente principal do ETM+/Landsat 7 ou a imagem de radar ou a banda pancromática do ETM+/Landsat 7 ou o Modelo Digital de Elevação sombreado no canal de intensidade. A interpretação geológica dessas imagens permite a individualização de 57 unidades litogeofisicas que apresentam diferentes comportamentos de acordo com a análise das propriedades texturais e forma da rede de drenagem, caracterização das formas de relevo, análise das propriedades de textura das estimativas de profundidade de fontes magnéticas por deconvolução de Euler-3D, intensidade dos canais aerogeofisicos e elementos de textura do relevo de radar e de texturado relevomagnético. Estes produtos possibilitam a extração de feições lineares do relevo e do relevomagnético de estruturas interpretadas como direcionais, lineamentos indiferenciados, lineamentos de relevomagnético e estruturas como a zona de cisalhamento São Vicente.

 


Palavras-chave


Fotogeologia; Processamento digital de imagens; Greenstone Belt Rio das Velhas; Geofísica aérea; Sensoriamento remoto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.