ALTERATION OF PEROVSKITE TO ANATASE IN SILICA UNDERSATURATED ROCKS OF THE CATALÃO-I CARBONATITE COMPLEX, BRAZIL: A RAMAN STUDY

VITOR PAULO PEREIRA, ROMULO VIEIRA CONCEIÇÃO, MILTON LUIZ LAQUINTINIE FORMOSO, AMANDA CRISTINA PIRES

Resumo


A transformação de perovskita para anatásio decorrente da intrusão de um carbonatito foi investigada usando microssonda eletrônica, imagens de elétrons retroespalhados, mapas de distribuição de elementos por dispersão de energia e perfis de composições químicas no microscópio eletrônico de varredura e espectroscopia Raman. Os cálculos de balanço de massa entre a perovskita e o anatásio permitiram verificar que com o processo de alteração houve a lixiviação de Ca, Nd, Ce e Na e a concentração relativa de Ti, Si, Mg, Zr, Nb e Fe. A presença de uma “camada de Ti” amorfa (> 1 mm) na superfície dos grãos foi investigada. Os espectros Raman confirmam a existência de uma fase intermediária composta por perovskita alterada anterior a cristalização do anatásio. Não foi possível reconhecer um limite entre a perovskita alterada e a inalterada devido a heterogeneidade no processo. A estrutura da perovskita muda antes da lixiviação do cálcio. O processo culmina com a cristalização de anatásio, quando o cálcio é lixiviado e a estrutura colapsa. O processo de alteração pela ação do fluido carbonatítico é diferente daquele descrito na literatura, onde o cálcio é lixiviado em dois estágios para formar o anatásio.


Palavras-chave


Perovskita; Anatásio; Catalão-I; Espectroscopia Raman; Brasil.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.