EVOLUÇÃO PALEOAMBIENTAL E SEQÜÊNCIAS DEPOSICIONAIS DO GRUPO BOM JARDIM E DA FORMAÇÃO ACAMPAMENTO VELHO (SUPERGRUPO CAMAQUÃ) NA PORÇÃO NORTE DA SUB-BACIA CAMAQUÃ OCIDENTAL

LILIANE JANIKIAN, RENATO PAES DE ALMEIDA, ANTONIO ROMALINO SANTOS FRAGOSO-CESAR, CAROLINA RODRIGUES DE ARAÚJO CORRÊA, ANA PAULA M. REIS PELOSI

Resumo


O Supergrupo Camaquã (Neoproterozóico III – Eopaleozóico) é constituído por sucessões de rochas sedimentares e vulcânicas que afloram na porção centro-sul do Rio Grande do Sul. Atualmente as unidades do Supergrupo Camaquã afloram em três sub-bacias, denominadas Camaquã Ocidental, Central e Oriental. Esta segmentação é oriunda de diversas fases de atividade tectônica sin e pós-deposicional, algumas afetando também as unidades paleozóicas da Bacia do Paraná. O Grupo Bom Jardim, com cerca de 670m de espessura na Sub-Bacia Camaquã Ocidental, foi subdividido em três unidades litoestratigráficas informais nesta localidade:(i) Unidade de Ritmitos Inferiores, com depósitos gerados em ambiente deltaico; (ii) Unidade de Conglomerados Intermediários, de ambientes aluviais e (iii) Unidade de Arenitos e Pelitos Superiores, de ambiente fluvio-lacustre. A Formação Acampamento Velho, com aproximadamente 700m de espessura na região, aflora somente nesta sub-bacia e apresenta predomínio de rochas vulcanoclásticas, com depósitos de fluxos piroclásticos (tufos grossos laminados e maciços, lapilli tufos e brecha tufos) e depósitos piroclásticos retrabalhados por fluxos de gravidade (lapilli tufos e brecha tufos). Rochas vulcânicas riolíticas predominam no topo desta unidade, que foi gerada exclusivamente em ambientes subaéreos. Estes estudos possibilitaram, ainda, a aplicação do conceito de estratigrafia de seqüências nestas sucessões, com o reconhecimento de seqüências deposicionais e de seus tratos de sistemas.


Palavras-chave


Supergrupo Camaquã; Grupo Bom Jardim; Formação Acampamento Velho; Estratigrafia de seqüência; Evolução paleoambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.