PARÂMETROS HIDROGEOLÓGICOS DO SISTEMA AQÜÍFERO BAURU NA REGIÃO DE ARAGUARI/MG: FUNDAMENTOS PARA A GESTÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

LUIZ ANTÔNIO DE OLIVEIRA, JOSÉ ELÓI GUIMARÃES CAMPOS

Resumo


O presente trabalho apresenta os valores de parâmetros hidrogeológicos levantados no Sistema Aquífero Bauru na cidade de Araguari, estado de Minas Gerais. Na referida cidade o abastecimento público é feito por captação de água subterrânea. Este sistema conta com 96 poços, em operação, que em conjunto produzem uma vazão aproximada de 1900 m3 de água/hora, média de 19,5 m3 de água/hora/poço. O Sistema Aquífero apresenta os seguintes valores de parâmetros dimensionais: espessura saturada de 33 metros, espessura da zona vadosa variando de 7 a 36 metros, porosidade efetiva média de 15%, condutividade hidráulica variando de 5 x 10-6 a 1,6 x 10-4 m/s, com média de 3, 1 x 10-5  m/s, transmissividade média de 9,6 x 10-4 m2/s, vazões médias de 19,5 m3/h e capacidade específica média de 1,3 m3/h/m. A disparidade entre os valores dos parâmetros levantados é reflexo das más condições de construção dos poços.

Palavras-chave


Grupo Bauru; Parâmetros hidrogeológicos; Aqüífero intergranular.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.