DESENVOLVIMENTO E APLICAÇÃO DE UM BANCO DE DADOS GEOGRÁFICOS NA ELABORAÇÃO DE MAPAS DA MORFODINÂMICA COSTEIRA E SENSIBILIDADE AMBIENTAL AO DERRAMAMENTO DE ÓLEO EM ÁREAS COSTEIRAS LOCALIZADAS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

ANGÉLICA FÉLIX DE CASTRO, MICHAEL VANDESTEEN S. SOUTO, VENERANDO EUSTÁQUIO AMARO, HELENICE VITAL

Resumo


As áreas costeiras localizadas na parte setentrional do Estado do Rio Grande do Norte, caracterizam-se por sofrer constantes processos de transporte litorâneo e eólico, ocasionando erosão, alterações no balanço de sedimentos e modificações na linha de costa. Além desses fatores naturais, a interferência antrópica é ampla nas redondezas, visto a proximidade ao Pólo Petrolífero de Guamaré, o maior produtor terrestre de petróleo do Brasil. Pelo fato de existirem vários tipos de dados desta área de estudo, tais como dados geológicos e geofísicos multitemporais, dados hidrodinâmicos e produtos de sensoriamento remoto, entre outros; é de extrema importância a elaboração de um Banco de Dados Geográficos (BDG), um dos principais componentes dos Sistemas de Informações Geográficas (SIGs), para armazenar toda essa quantidade de informação, permitindo o acesso a pesquisadores e usuários interessados. A primeira parte desse trabalho consistiu em elaborar e desenvolver um BDG a fim de armazenar todos os dados existentes da área de estudo. A intenção foi utilizar a potencialidade do SIG como ferramenta importante no apoio às tomadas de decisões no monitoramento ambiental desta região, alvo de ampla exploração da indústria petrolífera, salineira e de carcinocultura. Os dados coletados e armazenados na forma de uma biblioteca virtual tendem a auxiliar nas tomadas de decisões a partir dos resultados apresentados sob a forma de mapas temáticos digitais, tabelas e relatórios, úteis como fonte de dados no planejamento preventivo e na definição das linhas de pesquisas futuras que serão desenvolvidas nesta região, tanto no contexto regional como no contexto local. A segunda etapa deste trabalho consistiu em elaborar, a partir dos dados previamente armazenados no BDG, Mapas da Morfodinâmica Costeira e Mapas de Sensibilidade Ambiental ao Derramamento de Óleo. Esses mapas foram de fundamental importância na avaliação da área, a fim de determinar a atual situação da área, avaliando seus potenciais e suas fragilidades.


Palavras-chave


Bancos de dados geográficos; Sensibilidade ambiental ao derramamento de óleo; Morfodinâmica costeira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.