NOVAS OCORRÊNCIAS DE URÂNIO NA REGIÃO DE LAGOA REAL, A PARTIR DA SUPERPOSIÇÃO DE DADOS GEOFÍSICOS, GEOLÓGICOS E DE SENSORIAMENTO REMOTO

ELISABETE MARIA PASCHOLATI, CLAUZIONOR LIMA DA SILVA, SOLANGE DOS SANTOS COSTA, LILIANA SAYURI OSAKO, GILBERTO AMARAL, INGRID PADILLA RODRIGUEZ

Resumo


O Distrito Uranífero de Lagoa Real, no estado da Bahia, tem sido alvo de diversos estudos sobre a origem e o controle das ocorrências de Urânio, no decorrer das últimas décadas. Atualmente, o controle dos depósitos restringe-se aos albititos do Complexo Granito-Gnáissico localizados na porção centro-sul em Lagoa Real. Os dados do Projeto Aerogeofísico São Timóteo foram analisados e superpostos aos dados geológicos e de sensoriamento remoto, com o objetivo de identificar novas ocorrências promissoras à prospecção de Urânio. Com a reavaliação de dados gamaespectrométricos (K, U, Th), distintos litotipos evidenciam áreas com anomalias radiométricas no setor nordeste. Os dados magnetométricos mostram blocos magnéticos distintos, de natureza profunda, que estão compartimentados por zonas de cisalhamento reconhecidas em imagens Landsat-5/TM. A integração desses produtos com as informações geológicas disponíveis evidenciam um quadro geológico-estrutural até então não descrito na literatura. A cinemática de zonas de cisalhamento com direções N-S, NE-SW e NW-SE foi estabelecida a partir de deslocamentos de corpos e feições magnéticas. As estruturas dúctil-rúptil, rúptil-dúctil e rúptil observadas também são compatíveis com um quadro geológico regional no Cráton São Francisco durante o Brasiliano: convergência leste-oeste com transporte de massa para oeste. A progressão da deformação produziu zonas de cizalhamento dextral e sinistral, que resultaram na inflexão da foliação pré-existente. As jazidas de Urânio conhecidas estão associadas a zonas de cisalhamento N-S e as novas ocorrências, na parte nordeste da área, estão associadas a zonas de cisalhamento NW-SE e representam novos alvos para prospecção.


Palavras-chave


Aerogeofísica; Geologia; Sensoriamento remoto; Projeto São Timóteo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.