ZONEAMENTO GEOAMBIENTAL DA REGIÃO DO ALTO-MÉDIO RIO PARAÍBA DO SUL E A CARTA DE APTIDÃO FÍSICA PARA A IMPLANTAÇÃO DE OBRAS VIÁRIAS

TOMOYUKI OHARA, JAIRO ROBERTO JIMÉNEZ-RUEDA, JUÉRCIO TAVARES DE MATTOS, NORTON ROBERTO CAETANO

Resumo


Este artigo apresenta os procedimentos e resultados da análise integrada do meio físico, para subsidiar o planejamento territorial visando múltiplos usos, como obras de engenharia, estudos de recursos hídricos (superficiais e subterrâneos), uso agrícola direcionado, planejamento territorial urbano, proteção ambiental, aterros sanitários para efluentes líquidos e sólidos. A área estudada situa-se na região do alto-médio rio Paraíba do Sul, Estado de São Paulo. A análise do meio físico abrange as principais características fisiográficas, litológicas, unidades e coberturas de alteração intempérica e solos, inclusive análises laboratoriais de solos e rochas coletados em perfis de alteração, associados com informações edafoclimáticas e morfoestruturais, e integradas em zonas e subzonas geoambientais. A partir das informações sobre o zoneamento geoambiental da área foi aplicada a metodologia de ponderação de valores nas informações temáticas utilizando o sistema de informação geográfica (SIG), com o uso da técnica Fuzzy e de álgebra de mapas por operação matemática Analytical Hierarchy Process - AHP. Os resultados são apresentados na Carta de Aptidão Física, com as informações sobre o meio físico para avaliar áreas potenciais para a implantação de obras viárias.

Palavras-chave


Sensoriamento remoto; Análise integrada do meio físico; Zoneamento geoambiental; Sistema de Informação Geográfica; Carta de aptidão física para obras viárias; Região do Alto-Médio Rio Paraíba do Sul.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.