DINOFLAGELADOS DEL EOCENO MEDIO A SUPERIOR DE LAS CUENCAS PUNTA DEL ESTE Y COLORADO, LATITUDES MEDIAS DEL ATLÁNTICO SUDOCCIDENTAL

GLORIA DANERS, G. RAQUEL GUERSTEIN, CECILIA R. AMENÁBAR, ETHEL MORALES

Resumo


O estudo de associações de cistos de dinoflagelados do Eoceno médio nas bacias de Punta del Este (~36°S, Uruguai) e do Colorado (~38°S, Argentina) permite interpretar os padrões de circulação oceânica na plataforma sul-americana antes da abertura da Passagem de Drake. As associações são caracterizadas pela presença de táxons antárticos endémicos, como Enneadocysta, Deflandrea, Vozzhennikovia e Spinidinium, dominantes em vários locais da região Circumpolar Antárctica localizados ao sul do 45°S. A espécie mais abundante registrada nos locais estudados é Enneadocysta dictyostila, que é o único membro da associação endêmica aparentemente resistente às águas aquecidas na superfície. Pesquisas anteriores já haviam mencionado a presença de táxons endêmicos em latitudes médias a um forte giro subpolar no sentido horário favorecido pelo bloqueio parcial das passagens da Tasmânia e de Drake. Propõe-se aqui, que a distribuição das associações de cistos de dinoflagelados, ao longo das bacias da margem continental do Atlântico Sul, pode ser explicada por um mecanismo dinâmico semelhante induzido por um giro subpolar ciclônico no Oceano Atlântico Sul. O atual limite ocidental deste giro, começando no talude continental da Antártica ocidental, iria seguir um caminho semelhante ao presente atual Corrente das Malvinas na encosta da Patagônia, que introduz as águas oceânicas frias na plataforma e intensifica o transporte das águas na plataforma para o norte. De maneira similar, durante o Mesoeoceno, o limite ocidental da corrente Protogiro de Weddell transportou as águas circum-antárticas e os táxons endêmicos para o norte ao longo da margem Atlântico Sudoeste. A abertura e o aprofundamento das passagens de Tasmânia e Drake, assim como o desenvolvimento de uma incipiente corrente circumpolar Antártica no final do Eoceno e início do Oligoceno, interromperam os giros subpolares e promoveram a extinção das espécies endêmicas.

Palavras-chave


Cistos de dinoflagelados; Eoceno; Bacia de Punta del Este; Bacia Colorado; Bioestratigrafia; Paleoceanografia.

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.4072/rbp.2016.2.11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country RankSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvarSalvar