CAMBIOS MORFOMETRICOS EN UNA LAGUNA PAMPEANA (ARGENTINA) COMO CONSECUENCIA DE LA VARIABILIDAD PLUVIOMÉTRICA (1960-2015) Y SUS POSIBLES EFECTOS SOBRE LA COMUNIDAD ICTICA

JOSEFINA ZUNINO, FEDERICO FERRELLI, MARÍA CINTIA PICCOLO

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a variabilidade da precipitação e os seus efeitos sobre as alterações morfométricas e limnológicas na Lagoa Puan (Argentina) a fim de interpretar a dinâmica das populações das espécies Odontesthes bonariensis, para estudar mudanças no habitat durante no período 1960-2015. Para isso, os dados de precipitação foram estudados com o método Quintile e o Índice de Precipitação Padronizado. Os parâmetros morfométricos foram calculados por processamento digital de imagens de satélite LANDSAT 8 OLI-TIRS. As variáveis limnológicas foram estudadas a partir de dados registrados in situ. Além disso, foram analisados dados da espécie Odontesthes bonariensis fornecidos pelo Ministério de Assuntos Agrários da Argentina. Os resultados mostraram que o tamanho e a quantidade de peixes de O. bonariensis apresentaram correlação significativa com a área da lagoa. A redução da área lagunar ocorreu em 2013 e o aumento na condutividade e o aumento da temperatura da água, juntamente com uma pesca intensiva, levaram ao ecossistema condições tão críticas para esta espécie que atualmente não é encontrada na lagoa. Os resultados obtidos representam um banco de dados necessário para orientar futuras estratégias de manejo sustentável em uma lagoa rasa com atividade de turismo de lazer e pesca esportiva.


Palavras-chave


Lagoa de Puan; Precipitações; Parâmetros morfométricos; Variações limnológicas.

Texto completo:

PDF (Español (España))

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank