INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE PREPARO E MANEJO DE UM LATOSSOLO VERMELHO NAS SUAS PROPRIEDADES FÍSICO-HÍDRICAS

Gerson Araújo de MEDEIROS, Luiz Antonio DANIEL, José Ricardo de Freitas LUCARELLI, Fabio Augusto Gomes Vieira REIS

Resumo


O uso intensivo do solo para fins agrícolas provoca uma série de alterações nos seus atributos, o que pode levar a sua degradação. Neste contexto, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a influência do sistema de preparo e do manejo do solo sobre as suas características físicas e hídricas. As avaliações foram realizadas em julho de 1999, em parcelas experimentais de um Latossolo vermelho, na Faculdade de Engenharia Agrícola da UNICAMP, em Campinas - SP. Essas parcelas vinham sendo manejadas com os seguintes tratamentos, ao longo de um período de oito anos: o plantio direto, o sistema escarificador, o sistema convencional e o sistema de rotavação. Os parâmetros físicos e hídricos do solo avaliados foram: a densidade, a densidade de partículas, a porosidade total, a macroporosidade, a microporosidade, a curva de retenção de água no solo, a condutividade hidráulica saturada e a infiltração básica. Desses parâmetros aqueles que apresentaram diferença significativa entre os tratamentos foram à densidade, a infiltração básica, a porosidade total, a macroporosidade e a microporosidade. Os sistemas conservacionistas escarificador e o plantio direto apresentaram os maiores valores de densidade, contudo foram os tratamentos nos quais se observaram os maiores valores de infiltração básica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank