Detecção de Tubulações Através do Método Radar de Penetração no Solo (GPR) na Cidade Universitária – Ilha do Fundão, Brasil

Gleide Alencar do Nascimento Dias, Paulo César Texeira Filho

Resumo


Este trabalho consistiu em verificar a aplicabilidade do método GPR (Ground Penetrating Radar) na localização de tubulações de ferro fundido utilizados para o escoamento de águas pluviais e de esgoto. A fim de alcançar este objetivo foram adquiridos 19 perfis dentro da área de estudo, utilizando-se uma antena de 200 MHz, em duas direções perpendiculares entre si, para detectar os dutos paralelos e transversais. Após o processamento dos dados, a análise de todos os radargramas, em geral, apresentou alguns bons resultados podendo ser identificada quase todas as tubulações subsuperficiais de ferro através da presença de feições hiperbólicas, formadas pela difração das ondas eletromagnéticas nestes materiais. Somente em alguns perfis não foi possível identificar alguns desses dutos, devido a presença de um forte ruído causado pela reverberação do sinal nas antenas (ringing), ruído este, que pode estar relacionado com o tipo de solo (aterro) e com o comprimento de onda utilizado. Após o estudo, podemos concluir que o método GPR é muito útil na localização de tubulações, podendo ser extrapolado para outras áreas onde não se detém nenhum conhecimento prévio da subsuperfície.


Palavras-chave


GPR; Tubulação; UFRJ.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2017_1_171_179

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank