MAPEAMENTO DAS ÁREAS DE VULNERABILIDADE AMBIENTAL E NATURAL DO MUNICÍPIO DE TIBAU-RN

DÉBORA NOGUEIRA LOPES, ALFREDO MARCELO GRIGIO, MAYKON TARGINO DA SILVA

Resumo


As atividades desenvolvidas em uma parcela do solo podem trazer riscos e gerar danos inconvenientes para as propriedades vizinhas, daí a necessidade de conhecimento dos processos que operam em uma região. Hoje a zona litorânea pode ser definida como uma zona de múltiplos usos, com variadas formas de ocupação do solo: industrialização e urbanização, crescimento urbano, favelização e casas de veraneio circunscrevem o processo de ocupação da zona costeira do Brasil. E é nesse contexto ambiental que está inserida a área de estudo, o Município de Tibau, localizado no litoral setentrional do estado do Rio Grande do Norte, na qual ocorreram os estudos integrados sobre a paisagem buscando reconhecer a sua estrutura e a dinâmica. Contribuindo para a percepção das relações entre homem e o meio, tendo em vista, principalmente, a ação de planejamento buscando analisar o meio ambiente na sua forma mais ampla, isto é, focar na análise das estruturas dos ambientes naturais e sociais, com vista a avaliar suas vulnerabilidades natural e ambiental.


Palavras-chave


Zona litorânea; Dinâmica; Vulnerabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_1_80_88

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank