SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS DA NATUREZA E SUA APLICAÇÃO NOS ESTUDOS DA GEODIVERSIDADE: UMA REVISÃO

MATHEUS LISBOA NOBRE DA SILVA, KÁTIA LEITE MANSUR, MARCOS ANTONIO LEITE DO NASCIMENTO

Resumo


O conceito de serviços ecossistêmicos já está estabelecido nos estudos de valoração qualitativa da natureza. Contudo, tais estudos têm focado principalmente na variedade biótica do meio ambiente, havendo poucas abordagens direcionadas para os componentes abióticos. Este artigo procura fazer uma revisão geral sobre o conceito, versando também sobre a aplicabilidade de seu uso no estudo da geodiversidade. Para isso, foi feita uma revisão bibliográfica em consulta às bases de dados disponíveis para estabelecer um histórico do uso do conceito de serviços ecossistêmicos, além de fazer um paralelo, em publicações nacionais, dos estudos que o aplicam na avaliação da biodiversidade e da geodiversidade. Apesar da terminologia ter sido desenvolvida ao longo das últimas quatro décadas, observou-se uma forte discrepância de uso do conceito, que é extremamente restrito a trabalhos com enfoque na natureza viva. Uma vez que a diversidade natural do planeta (bio e abiótica) deve ser abordada de forma conjunta para a conservação ou planejamento de uso, é preciso incentivar estudos interdisciplinares e integradores, a visão a partir dos serviços ecossistêmicos apresenta-se como opção metodológica adequada e compatível.


Palavras-chave


Serviços ecossistêmicos; Geodiversidade; Diversidade natural.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_2_699_709

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank