Geoquímica do gabro coronítico de Amparo, RJ

Isabel Pereira Ludka, Cristina Maria Wiedemann

Resumo


Neste trabalho é apresentada a caracterização química, assim como alguns aspectos petrológicos das rochas do corpo gabróico de Amparo. Foram analisadas 10 amostras dos gabros para elementos maiores, menores e alguns traços, na tentativa de se cobrir todo espectro composicional e granulométrico. Elementos terras-raras também foram analisados para 3 amostras. Os resultados refletem a variação da mineralogia. Os teores de elementos maiores correspondem a um magma toleiítico sub-alcalino, com a classificação química de acordo com a classificação modal, ou seja, um basalto (gabro) picrítico, um olivina toleiíto. Em relação aos elementos menores, traços e ETR, diversas anomalias são observadas, como o enriquecimento em ETRL, Ba e Sr, fenômeno comum a outras rochas básicas e ultrabásicas ocorrentes nessa porção do Cinturão Ribeira.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank