Análise do Posicionamento Geodésico como Ferramenta para Monitorar as Variações do Nível de um Rio

Fabricio dos Santos Prol, José Marcato Junior, Antonio Conceição Paranhos Filho

Resumo


Muito embora o GPS (Sistema Global de Posicionamento) tenha sido primeiramente construído para o posicionamento geodésico e a navegação, o sistema possibilitou analisar diversos fenômenos terrestres, de forma que novas aplicações vêm surgindo nos últimos anos. No sentido de ampliar as aplicações do posicionamento geodésico, este trabalho investiga as possíveis relações entre as variações do nível de um rio em comparação com as altitudes estimadas a partir de soluções geodésicas, notadamente associadas a uma estação de monitoramento contínuo do GPS. As soluções geodésicas precisas do SIRGAS (Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas) foram confrontadas com as observações hidrológicas realizadas pela ANA (Agência Nacional de Águas). Duas estações foram selecionadas e são localizadas em uma região com grande extensão de área alagável, o complexo do Pantanal. Os resultados apresentaram que há uma forte anti-correlação entre o aumento do nível de água com a redução da altitude geodésica, mostrando que o posicionamento geodésico pode auxiliar no monitoramento das variações do nível de um rio.

Palavras-chave


SIRGAS; GNSS; Movimento Vertical

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2015_1_81_85

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank