Complexo Convectivo de Mesoescala observado em 27/11/2002 no nordeste da Argentina

Cláudia Rejane Jacondino de Campos, Edna Cristina Sodré Lima, Luciana Barros Pinto

Resumo


Neste trabalho foram analisadas as condições sinóticas associadas à atuação de um Complexo Convectivo de Mesoescala (CCM), ocorrido no dia 27/11/02, no nordeste da Argentina. Para tal foram utilizadas imagens no canal infravermelho do satélite meteorológico GOES-8 e campos simulados pelo modelo regional BRAMS. A simulação feita com o modelo, com saídas de três em três horas, permitiu detalhar o comportamento das variáveis meteorológicas em grande escala que afetam o ciclo de vida do CCM, reproduzindo as condições favoráveis para sua iniciação, manutenção e dissipação. Os resultados mostraram que o CCM estudado apresentou características similares às observadas por diversos autores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank