Uma ferramenta para compreender a apropriação do patrimônio geológico pela sociedade: um estudo sobre o Morro do Corcovado/ Rio de Janeiro

Isabella de Souza Neto Teixeira, Deusana Maria da Costa Machado, Aline Rocha de Souza F. de Castro, Luiza Freire de Farias

Resumo


Ao iniciar o estudo sobre a importância patrimonial do Morro do Corcovado, situado no setor B do Parque Nacional da Tijuca, na Serra da Carioca, município do Rio de Janeiro/RJ, encontrou-se metodologia aplicada somente sob a visão do pesquisador para valorar a geodiversidade. Mas, ao longo do estudo, surgiu a necessidade de saber como a sociedade o via. Seria o Morro do Corcovado apenas reconhecido como uma paisagem deslumbrante pelos seus visitantes? Será que é entendido e valorizado como patrimônio? Será que os indivíduos vêem algo além dessa paisagem? E se vêem o quê seria? Para responder a esses questionamentos se buscou uma ferramenta que fornecesse a relação da sociedade com Morro do Corcovado. Nesse contexto, o questionário/entrevista estruturado mostrou ser uma ferramenta indispensável para a coleta de dados, visando decifrar a percepção patrimonial dos indivíduos. O questionário/entrevista foi pensado e organizado de forma estruturada, visando, através de sua aplicação e análise preliminares, mostrar como esse instrumento serve como ferramenta para compreender as apropriações do patrimônio geológico pela sociedade e possibilitar as tomadas de decisão quanto ao uso mais indicado desse patrimônio.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2012_1_123_132

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank