Estimativa de Fluxo de Massa de Ar Via Diferenças de Temperatura das Superfícies do Mar e do Continente Comparadas com Dados Observacionais

Rodrigo Carvalho de Sousa, Francisco Leite de Albuquerque Neto, Gutemberg Borges França

Resumo


Neste trabalho foi realizada uma análise da brisa marítima na cidade do Rio de Janeiro, utilizando-se estações meteorológicas de superfície, sondagem atmosférica, perfilador de vento acústico e modelo computacional de balanço de energia à superfície. A partir desta análise foi estabelecida a correlação entre o fluxo de brisa marítima e a variação das temperaturas do oceano e do continente, bem como estimou-se o fluxo de vapor d’água transportado pela brisa marítima do oceano para o interior do continente, tomando exemplos de observações em dias de inverno e verão. Os resultados mostraram que o fluxo de vapor d’água transportado do mar ao continente é aproximadamente três vezes maior no verão quando comparado ao inverno, apresentando correlação não linear da variação da temperatura da superfície com a intensidade da brisa marítima.

Palavras-chave


Brisa-marítima; Fluxo de massa e vento

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2016_1_99_110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank