Mineralizações Tungstaníferas em Terrenos de Alto Grau na Área de Monumento/Cacaria, Rio de Janeiro

Victor Muniz Alves Cruz, Luiz Carlos Bertolino, Francisco José Silva

Resumo


Durante pesquisas minerais realizadas no estado do Rio de Janeiro, nos municípios de Parati, Rio Claro e Piraí, no início dos anos 80, detectou-se a presença de scheelita em concentrados de bateia de drenagens da área de Monumento/Cacaria. Até o presente trabalho, não era conhecida a litologia-fonte responsável por esta ocorrência. Com o objetivo de defini-la e caracterizar sua gênese, realizou-se campanhas prospectivas envolvendo amostragens de concentrados de bateia em córregos da região, mapeamento geológico em escala de detalhe (1:25.000), coleta de amostras de rocha e caracterização da amostra por métodos analíticos. A área de estudos localiza-se no contexto evolutivo da Faixa Ribeira, caracterizada por gnaisses pré-cambrianos sendo a mineralização classificada como do tipo scheelita stratabound hospedada em rochas calcissilicáticas.

Palavras-chave


Scheelita; Prospecção; Cacaria; Monumento; Escarnito.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2016_3_89_97

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank