Tafoflórulas eogondwânicas do Brasil II: ocorrência de rio da estiva (permiano - formação Rio Bonito - Santa Catarina)

Oscar Rösler

Resumo


A principal ocorrência da tafoflórula de Rio da Estiva está localizada próximo ao Km 139 da Rodovia BR 116, no trecho Mafra - Papanduva, no norte do Estado de Santa Catarina. A camada fossilífera tem cerca de 60 em de espessura. É formada principalmente por folhetos argilosos com vários leitos carbonosos. Está intercalada numa seqüência de arenitos e siltitos, correspondente a porção média da Formação Rio Bonito, na seção levantada ao longo da BR 116. Sua idade é provavelmente relacionada ao Artinskiano ou Kunguriano. Os fósseis foram depositados de modo seletivo nos vários níveis. As formas alongadas indicam uma direção local SE - NW da corrente de água. As grandes concentrações de sementes, grandes frondes de Glossopteris, e de frutificações, além de caules etc, caracterizam sua composição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.