GEOCHRONOLOGY OF EASTERN PARAGUAY BY THE POTASSIUM-ARGON METHOD

DOMINIQUE COMTE, YOCITERU HASUI

Resumo


Esta nota apresenta os resultados de vinte e duas analises K-Ar de dezessete amostras provenientes de diversas unidades metamórficas e magmáticas do Paraguai Oriental. O Pre-Cambriano da região do Rio Apa constitui um prolongamento do Craton do Guaporé, definido do lado brasileiro. Já as ocorrências pre-cambrianas do sul do Paraguai Oriental não puderam ser seguramente relacionadas com essa unidade tectônica, fazendo -se necessárias novas analises. O vulcanismo acido de Caapucu apresenta idade aparente paleozóica inferior, em concordância com diversas ocorrências similares brasileiras. As intrusões alcalinas datadas forneceram resultados que permitem considera-las contemporâneas as primeiras manifestações basálticas da Bacia do Parana. Duas exceções foram observadas: o macico de Mbocayaty e o do Pão de Açucar. As lavas de Sapucaí apresentaram dois resultados discordantes, atribuíveis a manifestações sucessivas, sendo a ultima contemporânea ao magmatismo basáltico. Deste obteve-se idades concordantes com aquelas do lado brasileiro (Cretáceo inferior). Um vulcanismo cenozoico parece ter-se processado na região de Asunción, aparentemente relacionado com o diastrofismo germanótipo moderno daquela área.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.