Zoneamento geológico-geotécnico de porção da região da Costa Verde-RJ, escala 1:10.000

Alberto Ferreira do Amaral Junior, Lázaro Valentin Zuquette

Resumo


Este trabalho apresenta um conjunto de atividades desenvolvidas e os resultados obtidos no decorrer dos estudos relacionados ao mapeamento geotécnico e a movimentos de massa gravitacionais realizados em uma área que compreende 60 km2, sendo 41 km2  de encosta e 19 km2 de planícies, localizada na região da Costa Verde, estado do Rio de Janeiro, envolvendo parte dos municípios de Itaguaí e Mangaratiba. O estudo foi realizado em três etapas distintas: definição dos atributos, levantamento de dados e análise dos resultados. Foram elaborados os mapas de substrato rochoso, materiais inconsolidados, forma da encosta, declividade, direção da inclinação do talude e uso das terras, assim como os dados de chuvas dos últimos 17 anos.  Foi ainda realizado o inventário das feições de movimentos de massa gravitacionais de acordo com os critérios definidos pela UNESCO. Cerca de 140 feições foram cadastradas e classificadas como escorregamentos translacionais, quedas, rolamentos, fluxos e rastejos, sendo que 49% destes eventos não sofreram influência antrópica. A partir dos dados do inventário e dos atributos elaborou-se uma analise bivariada por correlação simples, que mostrou que a ocorrência dos movimentos são controlados por um grupo de atributos fortalece a premissa de que para estudos de movimentos de massa gravitacionais deve ser considerado um grupo significativo de atributos, e um zoneamento geológico-geotécnico em termos da predisposição da área quanto aos movimentos de massa gravitacionais baseado nos resultados da analise bivariada.

Palavras-chave


Mapeamento geotécnico; Movimentos de massa gravitacionais; Costa Verde; Rio de Janeiro.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.